Dra Hilda Alfaro Ginecomastia em Brasília

Dra Hilda Alfaro Ginecomastia em Brasília

Dra Hilda Alfaro Ginecomastia em Brasília

Dra Hilda Alfaro

CRM DF : 18103
RQE : 12946

Cirurgia Plástica

DF

Currículo :
– Membro Especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
– Especialista em Cirurgia Plástica – SBCP
– Residência Médica em Cirurgia Plástica – Hospital das Forças Armadas – HFA. Brasília, DF
– Residência Médica em Cirurgia Geral – Universidade Federal de Pelotas – Pelotas, RS / Hospital Escola UFPEL
– Curso Superior : Curso de Medicina – Universidade de la República Oriental del Uruguay – UDELAR

DF
Endereço 1 : Terraço Shopping – Torre A – Salas 114/115/116 – Clínica Alfaro
Localidade : Sudoeste – Brasília – DF
Telefones : (61) 3208-3845 / (61) 99644-5454 (WhatsApp)
Site : www.clinicaalfaro.com

DF

Endereço 2 : Hospital Maria Auxiliadora
Localidade : Gama – DF
Telefone : (61) 99179-3960 – secretaria Edinice

3

GINECOMASTIA ou REDUÇÃO MAMÁRIA EM HOMENS

Também conhecida como ginecomastia, a redução de mama para os homens é a correção cirúrgica das glândulas mamárias demasiadamente desenvolvidas ou grandes.

MELHORE  A  APARÊNCIA

A ginecomastia é uma condição comum em homens de qualquer idade, podendo ser resultado de alterações hormonais, condições de hereditariedade, doença ou utilização de certas medicações. A ginecomastia pode causar desconforto emocional e prejudicar a autoconfiança. Alguns homens passam a evitar determinadas atividades físicas e intimidade simplesmente para esconder sua condição.

Causas:

– Excesso de gordura localizada,
– Excesso de desenvolvimento do tecido glandular,
– Uma combinação de ambos: excesso de tecido adiposo e glandular.

A ginecomastia pode ocorrer unilateral ou bilateralmente.

ESTE PROCEDIMENTO SERÁ UMA BOA OPÇÃO PARA VOCÊ SE :

– Você estiver fisicamente saudável e com peso relativamente normal,

– Você tem expectativas realistas,

– O desenvolvimento da mama se estabilizou,

– Você se sente incomodado com a sensação de que suas mamas são muito grandes.

Os adolescentes podem se beneficiar da cirurgia, embora procedimentos secundários possam ser necessários, futuramente, devido à continuidade do desenvolvimento da mama.

PREPARANDO-SE PARA A CIRURGIA

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

 Fazer exames de laboratório ou avaliação médica;
– Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais;
– Parar de fumar bem antes da cirurgia;
– Evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

POSSÍVEIS RISCOS DA CIRURGIA

– Cicatrizes desfavoráveis;
– Sangramento (hematoma);
– Infecção;
– Má cicatrização;
– Alterações de sensibilidade na mama ou no mamilo, podendo ser temporárias ou permanentes;
– Se a lipoaspiração é utilizada, riscos adicionais incluem contornos irregulares, flacidez residual da pele, pigmentação irregular, acúmulo de líquido (seroma);
– Riscos anestésicos;
– Contorno e forma irregulares;
– Alterações da pigmentação, inchaço e hematomas;
– Danos em estruturas mais profundas tais como nervos, vasos sanguíneos, músculos e pulmões, podendo ocorrer de forma temporária ou permanente;
– Alergias à fita, a materiais de sutura, a colas, a produtos derivados do sangue, a medicamentos tópicos ou injetáveis;
– Assimetria de mama;
– Necrose do tecido adiposo;
– Acúmulo de líquido (seroma);
– Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares;
– Dor, que pode perdurar;
– Possibilidade de novo procedimento cirúrgico (retoque).

LIPOASPIRAÇÃO

Nos casos em que a ginecomastia é, principalmente, o resultado de excesso de tecido adiposo, somente técnicas de lipoaspiração podem ser utilizadas.

Tal situação requer a inserção de uma cânula, um tubo oco fino, através de uma pequena incisão. A cânula é movida para trás e para frente num movimento controlado para soltar o excesso de gordura, a qual é, então, removida do corpo por meio de sucção a vácuo.

Há várias técnicas de lipoaspiração que podem ser utilizadas, a mais adequada para o seu caso será definida por seu cirurgião.

EXCISÃO

Técnicas de excisão são recomendadas onde o tecido glandular mamário ou excesso de pele devem ser removidos para corrigir a ginecomastia. A excisão também é necessária se a aréola precisar ser reduzida, ou o mamilo reposicionado para se obter um contorno natural. Padrões de incisão variam dependendo das particularidades anatômicas do paciente e da preferência do cirurgião. Algumas vezes, a ginecomastia é tratada com lipoaspiração e excisão.

PÓS OPERATÓRIO

Após a cirurgia, um curativo cobrirá suas incisões e bandagem elástica ou malha podem ser usadas para diminuir o inchaço e dar sustentação à mama operada.

É muito importante seguir as recomendações do seu cirurgião plástico e comparecer aos retornos de acompanhamento, como previsto. Em muitos casos, os resultados finais da redução da mama em homens são permanentes. No entanto, se a ginecomastia for resultante da utilização de medicamentos, drogas, incluindo esteroides, ou aumento de peso, a retirada das drogas desencadeantes e a manutenção de peso estável poderão ajudar a manter os resultados. Converse com o seu médico antes de iniciar novos medicamentos.Todas as cicatrizes são permanentes, mas, podem ser escondidas nos contornos naturais da mama.

Leave a Comment

*Required fields Please validate the required fields

*

*

Menu