Dr Raul Carlos Barbosa Joanete em Brasília

Dr Raul Carlos Barbosa Joanete em Brasília

Dr Raul Carlos Barbosa Joanete em Brasília

Dr Raul Carlos Barbosa

CRM DF : 22110
TEOT : 14495

Cirurgia do Pé
Cirurgia do Tornozelo

Saiba mais sobre o Dr. Raul Carlos Barbosa

Formou-se em Medicina Humana, pela Universidade Federal de Goiás/ UFG (2013). A Residência Médica ocorreu em Ortopedia e Traumatologia, no Hospital das Clínicas da UFG 2014-2016). Foi no próprio Hospital das Clínicas e no Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (CRER), em Goiás, que o Dr. Raul se especializou em pé/tornozelo.

O Dr. Raul Barbosa chefiou o Serviço de Pé e Tornozelo do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (HUGOL/ GO) e plantonista de vários serviços de urgência e emergência enquanto atuava em Goiás. Atualmente atua em Brasília, e tem com locais de atendimento a Clínica da Sort e no Hospital Santa Helena, ambos em Brasília/DF.

A dedicação e a experiência resultaram em um profissional conceituado, detentor do Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot), com publicações em diversas revistas especializadas e um dos vencedores do Prêmio ARTHEX (2017), da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPÉ). Cabe ressaltar ainda a publicação como co-autor do Tratado de Ortopedia e Traumatologia Princípios e Práticas, por Sizinio K. Hebert, publicado em novembro de 2016 no qual ajudou a escrever o capítulo “Perna e Tornozelo da criança”.

DF

Endereço : SGAS 915 – Advance 2 – Subsolo 1 – Sala S16 – Clínica SORT
Localidade : Asa Sul – Brasília – DF
Telefones : (61) 3245-4975 / (61) 3346-7270 / (61) 99834-2774 / (61) 99834-2768

3

Joanete no dedão do pé

O problema mais comum, quando analisamos o joanete, é o desvio do hálux (dedão do pé). O desvio do dedão do pé cria leva a uma projeção medial da cabeça do primeiro metatarso, que pelo atrito pode levar a um quadro doloroso na famosa joanete. Esta situação é agravada quando o paciente usa sapatos, principalmente os de bico fino e salto alto, porque a saliência óssea inflamada se esfrega contra o interior do sapato, criando um ciclo vicioso de inflamação e dor.

Recomendações : hálux valgo, o popular joanete

1) Redobre a atenção e cuidados na hora de comprar sapatos. Eles precisam acomodar os pés com conforto para não interferir na distribuição equilibrada do peso do corpo;

2) Lembre-se, na hora de comprar calçados, de que os pés aumentam um pouco de tamanho no fim do dia. Por isso, é sempre melhor que a ponta dos dedos não encoste na frente do sapato;

3) Não use o mesmo par de sapatos ou de tênis por dias seguidos para evitar o atrito sempre no mesmo ponto dos pés;

4) Ande descalço, sempre que possível, especialmente em terrenos irregulares ou na areia, para fortalecer os dedos e articulações dos pés;

5) Aplique gelo sobre o joanete para aliviar a dor e reduzir o processo inflamatório;

6) Procure um ortopedista, se seus pés estiverem doloridos ou notar alguma alteração no seu formato e aparência.

Conheça os principais sintomas do joanete

Em alguns casos, os joanetes são assintomáticos, ou seja, não apresentam ou não constituem sintoma. Mas, quando os sintomas se manifestam, os mais comuns são:

1) Saliência óssea parecida com um calo na base do dedão;

2) Dor, rubor e calor na articulação por causa do processo inflamatório na articulação;

3) Formação de calosidades nos dedos comprometidos e na planta dos pés;

4) Espessamento da pele na base do dedão;

5) Rigidez progressiva do dedo deslocado;

6) Deformidades associadas dos outros dedos.

 
Como é feito o diagnóstico do joanete

O diagnóstico leva em conta os sintomas e a avaliação clínica das estruturas ósseas do pé comprometidas pelo joanete. Exames de raios X costumam ser úteis para determinar a gravidade da lesão e orientar a escolha do tratamento.

Tratando do joanete

Não existe tratamento padrão para todos os casos de joanete. O médico avalia as condições e necessidades de cada paciente, como faixa de idade, estilo de vida, estado geral de saúde, intensidade dos sintomas, por exemplo, antes de propor um tratamento conservador ou cirúrgico. O tratamento conservador não visa à correção da deformidade, podendo atuar de forma paliativa. A proposta é aliviar os sintomas e impedir a progressão do desvio.

Graus de severidade do joanete levam em conta parâmetros angulares medidos em uma radiografia com carga dos pés. Na qual avaliamos os ângulos Intermetarsiano, o ângulo de valgismo da artibulacao metarsofalangica (articulação do dedão), o ângulo articular metatarsal distal e o ângulo interfalangico. Além de uma avaliação minuciosa do quadro clínico do paciente. A depender da gravidade existem inúmeras técnicas para cada caso em especial. Caso apresente algum sintoma procure seu ortopedista para uma avaliação.

Sapatos de bico fino podem causar joanete?

A associação de calçados e joanetes gera muita discussão, e muitos especialistas concordam que alguns calçados podem exacerbar o problema, mantendo o hálux em uma posição de valgo. Sapatos de salto alto e bico fino são o ‘X’ da questão em relação não só à formação de desvios como o joanete, mas em relação à saúde dos pés femininos em geral. O bico fino faz com que o dedão se desvie e aperte o dedinho do pé, causando problemas variados como joanete e deformidade dos dedos menores, sendo considerado um fator extrinseco. É evidente que temos também fatores intrínsecos tais como herança genética, pé plano valgo (pé chato), frouxidão capsulo-ligamentar, doenças reumatológicas e forma digital. Cabe ressaltar que a cada 10 pacientes com hálux valgo (joanete) 9 serão do sexo feminino enquanto 1 será do sexo masculino, o que reforça a importância dos fatores extrínsecos na formação do joanete.

(RT: Dr. Raul Carlos Barbosa – ortopedista | CRM-DF 22110; RQE 15600)

Leave a Comment

*Required fields Please validate the required fields

*

*

Menu