Dr Diogo Mendes Prostatectomia radical em Brasília

Dr Diogo Mendes Prostatectomia radical em Brasília

Dr Diogo Mendes Prostatectomia radical em Brasília

Médico
CRM – DF : 6439
MD PhD TiSBU

Urologista

Médico

Currículo :
– Formado na Universidade Federal de Uberlândia em 1988
– Residência Médica em Cirurgia e Urologia no Hospital Base de Brasília, entre 1990 e 1994
– Mestrado em Ciências da Saúde pela UNB em 1999
– Mestrado Profissionalizante pela Universidade Autônoma de Barcelona em 2000
– Doutorado em Cirurgia pela Universidade de Barcelona em 2001
– Professor de Medicina na Escola Pública do Distrito Federal – ESCS desde 2003, por meio de concurso
– Médico do Hospital de Base do Distrito Federal, por meio de Concurso Público, desde 1994
– Trabalhou no Hospital Universitário de Brasília entre 1995 e 1998
– Membro da Sociedade Brasileira de Urologia
– Fundador e Coordenador das Empresas UroInstituto e Uromedical, que atuam no sistema suplementar do Distrito Federal, realizando 20 mil consultas e 1000 cirurgias em média nos últimos 3 anos.
– Foi presidente da Sociedade Brasileira de Urologia do Distrito Federal de 2010 até 2013.
– Responsável técnico pela Urologia na Rede D´Or – Hospital Santa Luzia e Hospital do Coração.
– Certificate of da Vinci System Training – as a da Vinci Console Surgeon

Médico

Endereço 1 : SHLS – Q 716 – Conjunto E – Consultório 9 e 10 – Hospital Santa Luzia
Localidade : Asa Sul – Brasília – DF
Telefones : (61) 3345-5959 / (61) 3345-2020
Site: http://www.cirurgiaroboticaembrasilia.com.br

Médica

Endereço 2 : SHLS – Q 716 – Conjunto N – Bloco A – n 47 – 2 andar – Edifício Medical Center

Localidade : Asa Sul – Brasília – DF
Telefones : (61) 3345-0805 / (61) 3345-1808
Site: www.uromedical.com.br

3

Prostatectomia radical

Prostatectomia radical é a cirurgia indicada com o objetivo de tratar o paciente que tenha câncer de próstata localizado, que é quando a doença está confinada na próstata.

Esta cirurgia é indicada apenas para tratar câncer de próstata e não é recomendada com caráter profilático, ou seja, para prevenir o seu aparecimento.

No Brasil, o tipo mais comum da cirurgia realizada pelos urologistas é aquela feita por via abdominal, embora existam outras formas como a perineal, a laparoscópica ou a robótica.

A cirurgia consiste numa incisão de oito a dez centímetros para acessar a próstata e as vesículas seminais, onde estão as células tumorais malignas, removidas em conjunto com os linfonodos ilíaco-obturadores.

Para realizar essa cirurgia deve ser provado que o paciente é portador de câncer de próstata, por meio de biópsia da próstata, indicada nos casos em que se detecta anormalidade ao toque retal, com áreas de consistência mais firme ou endurecida, bem como alterações abruptas do PSA.

Deve-se ainda avaliar sua situação clínica geral do paciente, os remédios e as causas que possam influenciar a realização da biópsia.

O procedimento (biópsia) é feito com anestesia local ou com sedação, para garantir maior conforto e segurança, tanto ao paciente, quanto ao médico que o executa.

Leave a Comment

*Required fields Please validate the required fields

*

*

Menu