Dr Diogo Mendes Nefrectomia Parcial em Brasília

Dr Diogo Mendes Nefrectomia Parcial em Brasília

Dr Diogo Mendes Nefrectomia Parcial em Brasília

Médico
CRM – DF : 6439
MD PhD TiSBU

Urologista

Médico

Currículo :
– Formado na Universidade Federal de Uberlândia em 1988
– Residência Médica em Cirurgia e Urologia no Hospital Base de Brasília, entre 1990 e 1994
– Mestrado em Ciências da Saúde pela UNB em 1999
– Mestrado Profissionalizante pela Universidade Autônoma de Barcelona em 2000
– Doutorado em Cirurgia pela Universidade de Barcelona em 2001
– Professor de Medicina na Escola Pública do Distrito Federal – ESCS desde 2003, por meio de concurso
– Médico do Hospital de Base do Distrito Federal, por meio de Concurso Público, desde 1994
– Trabalhou no Hospital Universitário de Brasília entre 1995 e 1998
– Membro da Sociedade Brasileira de Urologia
– Fundador e Coordenador das Empresas UroInstituto e Uromedical, que atuam no sistema suplementar do Distrito Federal, realizando 20 mil consultas e 1000 cirurgias em média nos últimos 3 anos.
– Foi presidente da Sociedade Brasileira de Urologia do Distrito Federal de 2010 até 2013.
– Responsável técnico pela Urologia na Rede D´Or – Hospital Santa Luzia e Hospital do Coração.
– Certificate of da Vinci System Training – as a da Vinci Console Surgeon

Médico

Endereço 1 : SHLS – Q 716 – Conjunto E – Consultório 9 e 10 – Hospital Santa Luzia
Localidade : Asa Sul – Brasília – DF
Telefones : (61) 3345-5959 / (61) 3345-2020
Site: http://www.cirurgiaroboticaembrasilia.com.br

Médica

Endereço 2 : SHLS – Q 716 – Conjunto N – Bloco A – n 47 – 2 andar – Edifício Medical Center

Localidade : Asa Sul – Brasília – DF
Telefones : (61) 3345-0805 / (61) 3345-1808
Site: www.uromedical.com.br

3

Nefrectomia parcial

Na nefrectomia parcial é removida apenas a parte do rim que contém a doença. Dependendo da localização do tumor podem ser feitas várias incisões.

Atualmente, este tipo de cirurgia é a técnica preferida para pacientes com câncer renal em estágio inicial. Muitas vezes, é realizada para remover tumores únicos entre 4 e 7 cm de diâmetro.

Alguns estudos demonstram que, a longo prazo, esse método apresenta resultados similares à retirada de todo o rim.

As nefrectomias parciais geralmente não são realizadas para tumores muito grandes, para os casos de vários tumores no mesmo rim, ou quando a doença se disseminou para os gânglios linfáticos ou outros órgãos.

Na nefrectomia é retirado o rim, os gânglios próximos deste, a glândula supra-renal (adrenal) e a porção proximal do ureter.

A nefrectomia parcial é uma operação para o tratamento de diferentes patologias renais.

É recomendável para pacientes com urolitíase, carcinoma de células renais, síndrome de Von Hippel-Lindau, trauma, duplicidade de via excretora e hipertensão arterial secundária a segmento isquêmico.

A nefrectomia parcial pode ser feita pela via aberta ou pela via laparoscópica por meio de pequenas incisões e com ajuda de videocâmara.

 

Leave a Comment

*Required fields Please validate the required fields

*

*

Menu