Ariane Bomgosto Nutricionista Infantil na Barra da Tijuca

Ariane Bomgosto Nutricionista Infantil na Barra da Tijuca

Ariane Bomgosto Nutricionista Infantil na Barra da Tijuca

CRN : 16100222

Nutricionista – Nutricionista Infantil

Endereço : Avenida das Américas, 500 – Bloco 3 – Loja 120 – Espaço Médico Downtown Infantil

Bairro : Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ

Telefones : (21) 3171-3171 / (21) 98232-8482

Site : http://arianebomgosto.com.br/

Instagram : @nutricionistaarianebomgosto e @programanutricaoeequilibrio

Também atende em Ipanema , Freguesia e Jacarepaguá

6

A nutricionista Ariane Bomgosto trabalha com uma abordagem nutricional que estimula a criação de hábitos alimentares saudáveis para as crianças. A abordagem inclui orientação nutricional sobre a importância do aleitamento materno e a relação deste com o desenvolvimento da obesidade infantil, prevenção e manejo da obesidade infantil, alergias e/ou intolerâncias alimentares, tratamento e orientação nutricional para transtornos comportamentais como déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), autismo, ansiedade e depressão, complicações do sistema gastrointestinal, criação e manutenção de uma flora intestinal saudável e equilibrada,  formação do paladar da criança e as estratégias nutricionais para não criar um vício por açúcar, sal e gorduras não saudáveis, orientação de como montar um prato equilibrado nutricionalmente, saudável, nutritivo e atrativo para as crianças, de como fazer escolhas saudáveis fora de casa, como criar lanches nutritivos e saudáveis para levar para a escola. A nutricionista ainda oferece estratégias nutricionais baseadas em trocas saudáveis acompanhadas de receitas de preparações que unem o conceito de saúde e sabor.

Tratamento de Obesidade Infantil
– Trabalho com a elaboração de um planejamento alimentar focado em nutrir a criança, suprindo as necessidades que o seu organismo apresenta. Além disso, utilizo estratégias nutricionais para regular os hormônios da fome e da saciedade ao longo do dia, acabar com o vício por alimentos como açúcar e gorduras não saudáveis, estabilizar o açúcar no sangue da criança e criar uma flora intestinal saudável, todas comprovadamente eficazes tanto na prevenção como no manejo da obesidade infantil.

Nutrição Infantil

– Para que seu filho tenha o açúcar no sangue estabilizado, procure usar a regrinha: mais refeições durante o dia com menos quantidade em cada uma delas. Este simples hábito irá ajudá-lo a manter um peso saudável e prevenir o desenvolvimento da obesidade infantil.

– Procure oferecer alimentos com densidade nutricional ao seu filho, uma regra simples é diminuir o consumo de alimentos pobres nutricionalmente, como pães, biscoitos e macarrão (feitos de farinha de trigo branca), substituindo-os por alimentos com densidade nutricional, que ainda fornecem uma boa dose de energia aos pequenos, como aipim, inhame e batata doce.

– Não retire nenhum grupo de nutrientes da alimentação do seu filho. As crianças precisam de todos os macro e micronutrientes encontrados nos alimentos. Muitas mamães, na tentativa de fazer com que os filhos emagreçam, retiram as gorduras. Este não é o caminho. Para manter o peso saudável do seu filho ou fazer com que ela perca peso, uma estratégia é substituir as gorduras não saudáveis, encontradas nos salgadinhos fritos e biscoitos recheados por fontes de gorduras que auxiliam no processo de emagrecimento como o abacate, o azeite de oliva, as castanhas, a semente de linhaça e de chia, o óleo de coco ou os peixes gordos como o atum e o salmão.

Aleitamento Materno para prevenir a Obesidade Infantil

 

Por que o leite materno é um fator de proteção contra o desenvolvimento da obesidade infantil?

– O leite materno tem, em sua composição, alguns hormônios. Entre estes, a leptina. Este inibe o apetite, o que leva a crer que os bebês amamentados ao seio podem desenvolver melhor a comunicação do cérebro com os hormônios da fome e da saciedade.

– O maior consumo de proteínas pelos bebês alimentados com fórmulas infantis poderia estar relacionado a uma maior probabilidade do desenvolvimento de obesidade infantil dentro deste grupo.

– Quando a criança é amamentada, ela tem maior controle sobre a quantidade que o seu organismo “pede” para se sentir satisfeito. Já quando é alimentada por fórmulas infantis, os pais acabam por determinar a quantidade que acham necessária. Estudos demonstram que quando os pais são controladores sobre as quantidades que acham que o filho deve comer (como situações “você não levanta da mesa enquanto não comer tudo”) a criança pode ter um prejuízo no desenvolvimento dos mecanismos de percepção correta das sensações de fome e saciedade, o que pede levar, mais tarde, ao ganho de peso.

A recomendação do Ministério da Saúde é que o bebê permaneça em aleitamento exclusivo (sem água inclusive) até os seis meses de idade. Saúde para os nossos filhos. As mamães são e devem ser agentes ativos na prevenção da obesidade infantil.

A nutrição saudável do seu filho começa ainda quando ele está na sua barriga e deve ser seguida ao longo de toda a infância. Este é o maior presente que você pode dar a ele !

Trocas Saudáveis para Nutrição Infantil

Muitas mães têm dificuldade de incluir trocas saudáveis na rotina alimentar do seu filho. As dúvidas que tenho visto variam entre:

– O que posso usar no lugar do achocolatado?

– O que pode atrair o meu filho no lugar do biscoito recheado?

– Cortei o refrigerante pelo suco de fruta industrializado. Estou fazendo uma boa troca?

Estas são apenas algumas dúvidas das mães que querem agregar saúde e sabor à dieta do seu filho e, por isso, vou dar algumas sugestões de trocas saudáveis que acredito que possam ajudar à introduzir hábitos alimentares saudáveis na rotina do seu filho:

1 – No lugar dos achocolatados com açúcar, você pode oferecer ao seu filho um leite de amêndoas caseiro com cacau em pó. O cacau não é doce, então, uma alternativa é adoçar com mel ou o açúcar mascavo. Tente fugir do açúcar branco refinado, que, além de ser pobre nutricionalmente, é um dos principais alimentos que levam à obesidade infantil.

2 – Ao invés dos biscoitos recheados, você pode preparar barrinhas de cereais com ingredientes como aveia, quinoa, amaranto, amêndoas, nozes ou castanhas trituradas e pode ainda incrementar com cacau, melado e canela. Apesar da bolacha recheada ser uma alternativa mais prática, pense que você está educando o paladar do seu filho e, quanto mais natural e menos industrializada for a alimentação dele, mais você está contribuindo para não criar um vício por açúcar ou gorduras não saudáveis.

3 – Muitas mamães acham estar fazendo uma boa troca quando trocam o refrigerante pelo suco de caixinha. O que elas não sabem é que o suco industrializado, de caixinha, é quase tão nocivo quanto os refrigerantes. Isso porque estes sucos prontos, de caixinha, têm, em suas composições, grandes quantidades de corantes, que dão a cor similar a da fruta, de açúcar, para realçar o sabor doce e de conservantes, para ter um maior tempo de prateleira. O ideal, mesmo com um pouco mais de trabalho, é preparar o suco em casa, fresco, batendo a fruta com água ou água de coco natural e não adoçando porque o doce da fruta já é suficiente. Para as crianças acima do peso, costumo pedir para reduzir o consumo do suco e aumentar o da fruta in natura, para que ela ingira uma maior quantidade de fibras junto ao açúcar da fruta (frutose).

Gostaram das trocas? Vale lembrar que estas sugestões não substituem um atendimento personalizado, com uma boa avaliação clínica e comportamental do seu filho. As crianças, assim como nós, têm preferências alimentares, assim como metabolismo próprio e único. Eu não abro mão de respeitar estas individualidades na hora de cuidar da saúde dos pequenos !

Nutrição para Transtornos Comportamentais na Infância

Muitas crianças vêm demonstrando alguns transtornos comportamentais e psicológicos e os pais precisam estar atento a estes sinais. Um destes é o TDHA (transtorno de déficit de atenção com hiperatividade), em que a criança se mostra inquieta e ansiosa. Este transtorno também pode ser percebido por crianças que demonstram “explosões de raiva”, “tremedeira” diante de situações em que ficam frustradas ou dificuldade em se concentrar em uma tarefa. Fatores como a genética, o tipo de parto e o fato de a criança ter sido ou não amamentada podem contribuir para o desenvolvimento destes transtornos. Pesquisas vêm mostrando a relação da nutrição com os transtornos comportamentais na infância. Muitas crianças que passam por longos períodos de tratamento medicamentosos com antibióticos vêm apresentando prejuízo na saúde do seu intestino. Nestes casos, é preciso incluir alimentos probióticos e prebióticos para reequilibrar a sua flora intestinal, além de fontes de ômega 3, que ajudam a recuperar a integridade da mucosa intestinal. Os estudos também mostram a relação destes transtornos com a ingestão do glúten entre as crianças. Muitas crianças vêm demonstrando melhoras como menos ansiedade, maior interação com outras crianças e melhora da qualidade do sono quando introduzidas a uma alimentação livre do glúten, com redução dos carboidratos inflamatórios e aumento da ingestão de gorduras saudáveis. É importante lembrar que a criança não precisa ter a doença celíaca diagnosticada para ser sensível ao glúten. Esta sensibilidade pode não ser diagnosticada em exames laboratoriais. Mesmo assim, ao retirar o excesso de glúten e introduzir um planejamento alimentar saudável, muitas crianças demonstram melhorar em sintomas como falta de foco, dificuldade de socialização ou “tiques motores”.

A nutrição consciente para as crianças vem se mostrando uma terapia eficaz para melhora dos transtornos comportamentais infantis, pois há evidências científicas mostrando a eficácia desta conduta alimentar em quadros de TDAH, depressão e autismo. Portanto, uma atenção especial à alimentação do seu filho na infância pode ser o caminho para dar a ele mais qualidade de vida, saúde e prevenção de doenças neurológicas e psiquiátricas tardias.

 

3 Comments

Trackbacks & Pingbacks

  1. Ariane Bomgosto Nutricionista Infantil em Ipanema - Registro de Médicos setembro 30, 2016 (10:02 pm)

    […] Também atende na Barra da Tijuca […]

  2. Ariane Bomgosto Nutricionista Infantil na Freguesia - Registro de Médicos março 10, 2017 (2:03 pm)

    […] atende em Ipanema , Barra da Tijuca e […]

  3. Ariane Bomgosto Nutricionista Infantil em Jacarepaguá - Registro de Médicos março 10, 2017 (2:13 pm)

    […] atende em Ipanema , Barra da Tijuca e […]

Leave a Comment

*Required fields Please validate the required fields

*

*

Menu