Alta Vista Oftalmologia Capsulotomia em Brasília

Alta Vista Oftalmologia Capsulotomia em Brasília

Alta Vista Oftalmologia Capsulotomia em Brasília

Alta Vista Oftalmologia

Dr Elisio Bueno Machado Filho
CRM/DF : 20146

Currículo :
– Formado em Medicina na FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO em 2003
– Residência médica : Área de oftalmologia no Hospital das Clínicas da FMRP-USP, tendo início: 01 de fevereiro de 2005 e termino: 31 de janeiro de 2008, sendo que no ultimo ano fiquei nos setores do segmento anterior (catarata, doenças oculares externas e glaucoma).
– Título de especialista : Oftalmologia, expedido pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia e a Associação Médica Brasileira – AMB em 2008 .
– Doutorado : Trabalho com Prof. Dr. Eduardo Melani Rocha pelo HCRP FMRP-USP com início 2008 e término 2013.
– Médico concursado pelo Governo do Estado de São Paulo no HCRP FMRP-USP para atuar em segmento anterior, de 2008 a 2013. Cirurgião de catarata e córnea e refrativa no HOSL em Brasília DF

Médico

Dra Paula Gomes Pereira Bueno Machado
CRM/DF : 20147

Oftalmologia

Médico

Endereço : Via L2 Sul – SGAS 610 – Centro Médico Lúcio Costa – Bloco 1 – Sala T33 – Alta Vista Oftalmologia
Localidade : Asa Sul – Brasília – DF
Telefones : (61) 3522-3232 / (61) 99133-0030
Site : www.altavistaoftalmologia.com.br

3

http://www.altavistaoftalmologia.com.br/capsulotomia-yag-laser-limpeza-lente/

Capsulotomia YAG laser

capsulotomia YAG Laser é um procedimento oftalmológico que visa tratar a opacificação da cápsula posterior do cristalino com segurança, eficácia e sem dor.

capsulotomia posterior com YAG laser é realizada na cápsula posterior do cristalino quando esta está opacificada. Normalmente, a opacificação da cápsula posterior ocorre como uma “complicação” da cirurgia de catarata.

A cirurgia de catarata por facoemulsificação permite a extração (“aspiração”) da catarata através de ultrassom. Na cirurgia de catarata por facoemulsificação, após retirado todo o cortex e o núcleo cristaliniano procede-se o implante de uma lente intra-ocular (LIO). O implante desta LIO é efetuado no lugar que era ocupado pelo cristalino, dentro do saco capsular. Atualmente, existem vários tipos de lentes para utilização na operação de catarata.

Após meses ou anos da cirurgia de catarata, a cápsula da lente pode tornar-se opaca. Esta opacificação ocorre em cerca de 30% dos olhos submetidos a cirurgia de catarata provocando redução da visão. Em algums casos, a opacidade pode tornar-se muito densa e causar diminuição de visão consideravelmente.

Embora algumas pessoas chamem a opacificação da cápsula posterior  como “catarata secundária”, ou “segunda catarata” ela, na realidade, não é uma catarata pois a mesma já foi removida cirurgicamente.

Capsulotomia YAG laser – Quando fazer?

Somente após avaliação com médico oftalmologista  poderá dizer qual o melhor momento para realização do procedimento de YAG laser e que exames são necessários para realização de um procedimento seguro. Normalmente é realizado pelo menos um mapeamento de retina e tonometria ocular antes do procedimento YAG laser .

Capsulotomia YAG laser – Como o exame é realizado?

YAG laser após cirurgia de catarata é efetuado para tratar a opacificação da cápsula posterior do cristalino através de um aparelho de laser Nd: YAG. O laser permite abrir a cápsula posterior através do orifício realizado de modo a restituir uma visão normal ao paciente.

A capsulotomia YAG laser é uma técnica realizada sob anestesia tópica (gotas de colírio anestésico) em regime  ambulatorial, podendo ser necessário uso de uma lente em contato com a córnea,  leva apenas alguns minutos a ser executada e é indolor (ausência de dor) tanto durante como após o procedimento médico.

Capsulotomia YAG laser – riscos, complicações

Como em qualquer procedimento médico, a capsulotomia por YAG laser, existem alguns riscos e complicações que não devem ser esquecidos, apesar de se tratar de um procedimento bastante seguro desde que realizado por médico especialista.

O aumento da pressão intra-ocular é a  complicação mais frequente da capsulotomia a laser  que ocorre nas primeiras horas após o procedimento médico. Nestes casos, o oftalmologista pode prescrever colírios para reduzir a pressão intra-ocular.

Outros possíveis riscos e complicações :

– Edema macular;

– Danos ou deslocamento da lente intra-ocular;

– Inflamação intra-ocular;

– Descolamento da retina

Capsulotomia YAG laser – cuidados posteriores

A capsulotomia é um procedimento realizado em ambulatório, podendo o paciente regressar para casa de imediato após o procedimento médico. A avaliação da pressão no olho (pressão intra-ocular) deve ser efetuada e controlada no pós YAG laser.

O doente pode retomar as suas atividades normais imediatamente após o procedimento de YAG laser. No caso de surgir dor nos olhos deve recorrer de imediato ao seu médico oftalmologista.

Após 10 dias deve retornar em consulta médica com seu oftalmologista para realização de novos exames de refração (grau dos óculos), tonometria ocular e mapeamento de retina e o que mais o médico oftalmologista achar necessário.

Leave a Comment

*Required fields Please validate the required fields

*

*

Menu